Monte Alegre de Minas

História

Até o início do século XIX a região onde hoje se localiza a cidade de Monte Alegre de Minas era uma importante rota de passagem entre os estados de São Paulo e Goiás, utilizada por expedições que desbravavam o Triângulo Mineiro. A família de Martins Pereira fixou-se no local juntamente com as famílias Gonçalves da Costa e Martins de Sá, criando o povoado de São Francisco das Chagas de Monte Alegre, subordinado ao município de Prata.
Foi elevado à condição de cidade com a denominação de Monte Alegre, pela lei provincial nº 2556, de 03-01-1880. O município passou a denominar-se Toribaté pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, tendo seu nome novamente modificado para Monte Alegre de Minas pela lei nº 336, de 27-12-1948.

O município de Monte Alegre de Minas cuidadoso com a necessidades de desenvolvimento e comercialização dos produtos de origem animal apoiou, o projeto de implantação do Serviço de Inspeção Municipal por meio do CIDES, tornando-se um dos municípios fundadores do serviço de forma consorciada, saindo à frente no processo de legalização da produção de produtos de origem animal desenvolvidas em seu município. A Lei Complementar n° 195, que instituiu o SIM foi sancionada no dia 19 de setembro de 2014.

Bovino

cow2

Efetivo do rebanho

0
cabeças
cow

Vacas ordenhadas

0
cabeças

Quantidade produzida

0
litros

Galináceo

chicken

Efetivo do rebanho

0
cabeças
egg

Galinhas

0
cabeças

Quantidade produzida

0
dúzidas

Suíno

pig

Efetivo do rebanho

0
cabeças

Matriz

0
cabeças

Bubalino

bull

Efetivo do rebanho

0
cabeças

Equino

horse

Efetivo do rebanho

0
cabeças

Aquicultura

aquarium

Tilápia - quantidade produzida

0
kg

Matrinxã - quantidade produzida

0
kg

Pintado, cachara, cachapira e pintachara, surubim - quantidade produzida

0
kg

Tambaqui - quantidade produzida

0
kg

Ovino

sheep

Efetivo do rebanho

0
cabeças

Mel de abelha

bee

Quantidade produzida

0
kg

Caprino

goat

Efetivo do rebanho

0
cabeças
error: Conteúdo protegido